Caso Verídico: Hipocondríaco

Ansiedade, medo e solidão, disse o doutor. E continuou: Uma valorização excessiva do passado, negação do futuro e apatia momentânea.

O Médico não teve uma dúvida sequer do diagnóstico, sem titubear nomeou a enfermidade:

Sr. Dilvo, o senhor sofre de uma doença chamada “Tempo”. Sinto lhe dizer, não há cura, nem como frear o desenvolvimento da dita cuja. Entretanto, Sr. Dilvo, podemos começar hoje mesmo um tratamento paliativo que tem dado ótimos resultados.

Que tratamento seria esse, Doutor?, questionei

Viver!, disse.

Saí da sala e fui correndo tomar minha dose homeopática.

2 comentários sobre “Caso Verídico: Hipocondríaco

  1. Desperta, aguça a curiosidade da gente pra saber o q é, e como tratar. Excelente, Dilvo !! Minha receita seria semelhante `a deste doutor, tem a ver com uma frase de São Paulo: ” Viver pra mim é Cristo.” “Lutar até chegar ao céu” , como diz uma linda música católica. DEUS o abençoe !!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s