O DNA da Loucura

por Dilvo Rodrigues

A rotina começa com o primeiro remédio para evitar a loucura e um outro, que evita as loucuras advindas da ingestão de álcool. Na verdade, esse segundo remédio tenta evitar a primeira dose, lema esse de todo alcoólatra assumido e aposentado de suas funções “boêmicas”. “Este medicamento é indicado para o tratamento e prevenção da recaída ou recorrência da depressão”. Sim, sou eu! O bom dos remédios que a gente toma é que eles sempre tratam de deixar a gente incluso. Pego meu copo de leite, meu pão com requeijão cremoso, e as duas pílulas. “Primeira dose de loucura do dia evitada!”
Leia mais »

É Tudo Culpa da Daniela Mercury

por Dilvo Rodrigues

O primeiro disco que ganhei foi um vinil da Daniela Mercury, o Música de Rua! Eu tinha uns 10 anos, nunca nem tinha ouvido falar nela, em música baiana, essas coisas. Meu irmão mais novo queria comprar Sandy e Jr., aquele que tinha “que co c foi faze nu matu, Maria Chiquinha!?”. Tinha mais a ver com a idade da gente, né? A Andreia, uma das minhas irmãs ficou lá, de capetinha no ouvido. “Compra da Daniela Mercury, Dilvin. Compra o da Daniela Mercury. Compra!”
Leia mais »